Category Archives: Poéticos

Escritos Poéticos

Poema de Bertold Brecht

Alegrias, as desmedidas. Dores, as não curtidas. Casos, os inconcebíveis. Conselhos, os inexeqüíveis. Meninas, as veras. Mulheres, insinceras. Orgasmos, os múltiplos. Ódios, os mútuos. Domicílios, os temporários. Adeuses, os bem sumários. Artes, as não rentáveis. Professores, os enterráveis. Prazeres, os … Continue reading

Posted in Poéticos | Comments Off on Poema de Bertold Brecht

Melancolia

Nenhuma palavra pode atingir 0 sentimento encarcerado no meu ser: nostalgia de uma palavra vazia, uma canção que já inicia com um adeus ou um amém. Sou eu comigo mesmo, um silêncio profundo e uma palavra nenhuma. Os passos diante … Continue reading

Posted in Poéticos | 1 Comment

Diversos Tempos…

Não vejo o tempo, apenas sinto no corpo como o vento, um silêncio…O devagar, andar – caminho quieto, e eu?Eu faço uma música mesmo quando calodiferentes velocidadessí, dó, mi, fá, sol…E de cá sinto o peso do tempoem minha fala,complicada, … Continue reading

Posted in Poéticos | Comments Off on Diversos Tempos…

Tamino

Diante da sublime imagem do amor,O que grita é o silêncio:serenamente em si mesmo,feito o brilho de uma estrela. Oh amor! Onde jogaste o meu ser?Me vejo nessa bela imagem,sou aquela que amo,me afogo em ti… Pamina. São os seus … Continue reading

Posted in Poéticos | Comments Off on Tamino

Misiologia

Não use palavras…Se for quebrar o silêncio,me quebre por inteiro –com os olhos,com um beijo.Se no silêncio das palavras,repousar as tuas perguntas,os teus anseios,Os teus sins, nãos e talvezes,Não pense…Simplesmente silêncio!A verdade?Ah… verdade…No corpo… Só desejo.

Posted in Poéticos | Comments Off on Misiologia

Grito da Alma

Quem grita com a almaEntoa cantos aos deuses…Vê-se distante no horizonte:Lugar perdido difícil de se estar. Quem se perde em si mesmoBusca almas que jamais são suas…Quer amar-se em um outro,Quer olhos, quer beijos,Quer um corpo que jaz morto. Um … Continue reading

Posted in Poéticos | Comments Off on Grito da Alma

Variações e alguns gritos da alma

Oi pessoal, estou disponibilizando para download meu pretensioso livro de poesias, na real ele nada mais é do que uma coletânea com diversas poesias que me acompanham há muito tempo. Em "Variações", temos a tentativa sempre frustrante do poeta, de … Continue reading

Posted in Poéticos | Comments Off on Variações e alguns gritos da alma

Ser Neruda

Queria te oferecer os meus versos,mas as palavras nunca combinam com o que sinto;tentando a voz tenho lembranças como um vento…A pele macia outrora tão minha,só pode ser tocada na alma em poesia. Sou um barco que navega por um … Continue reading

Posted in Poéticos | Comments Off on Ser Neruda